A maioria dos veiculo de hoje possuem correia sincronizadora (dentada) e outras correias. A principal função das correias é a ligação
e sincronização de diferentes componentes do motor. Para começar, vale saber para que serve a correia dentada em um motor.
Ela movimenta e sincroniza as válvulas em relação aos pistões. Se a correia se quebrar, as válvulas param, deixando de admitir o ar e o combustível e de eliminar os gases da combustão. Como elas param, os pistões se chocam com algumas delas, o que trava o motor.

Os novos motores utilizados nos veículos estão trabalhando com temperaturas cada vez mais elevadas, isto decorre da utilização de maiores taxas de compressão, bem como pelo processo de combustão cada vez mais otimizado. Isto resulta em um maior regime de giro e potência aumentando ainda mais a solicitação das correias. Por este motivo tanto as montadoras brasileiras quanto as estrangeiras utilizam somente correias em “HNBR”.

“HNBR” é um elastômero de última geração resistente ao calor, ozônio, lubrificantes e com extrema resistência à fadiga. Ainda que as correias em cloropreno possuam o mesmo numero de dentes, mesmo passo e mesma largura, ou seja, apresente montagem no conjunto, estas não devem ser aplicadas sob risco de quebra prematura caracterizado por aplicação incorreta.

O período de troca das correias dentadas varia de acordo com a montadora, porém por ser um item de baixo custo e altíssima importância, devemos orientar a troca a cada 60.000km em condições de uso normais ou a cada 40.000km em condições de uso severas.

Já as demais correias, devem ser examinas sempre que for fazer a manutenção da correia dentada.